sábado, 6 de abril de 2013

Aumenta o som: The Strokes- Comedown machine.

  Hey Divas!

  Bora com a coluna musical?

  Hoje quem toma a cena por aqui é o The Strokes.
  O The Strokes é uma banda Indie formada em 1998 nos Estados Unidos com a intenção de reviver o 'Garage rock'.
  Quem curte The Strokes já deve estar sabendo que o quinteto lançou mais um CD, o 'Comedown Machine' que chegou trazendo muito polêmica, diga-se de passagem.

  A banda sem sombra de dúvidas resolveu se arriscar por outros cantos e esse CD é claramente resultado dessa nova fase. Quem escutou o CD esperando ouvir aquele som pesado, bem nova-iorquino e com a guitarra distorcida, se espantou bastante ao encontrar um CD bem alegre, um tanto quanto eletrônico (Oi? Ironia com o nome do disco?) e dançante, com muitos arranjos que sugerem fortemente referências das músicas dos videogames antigos e de bandas como A-Ha. É notório uma pegada bem anos 80.
  Claro que muitos fãs não gostaram nada da mudança no estilo dos caras e saíram por aí amaldiçoando o CD, mas isso vem acontecendo desde quando 'One way Trigger' vazou. O que a galera as vezes se esquece é que o som de uma banda tende a amadurecer com os integrantes, e na minha opinião é isso que está acontecendo. Eu gostei bastante do novo CD e ainda consigo ver a essência 'Strokes' nele, só que mais suave, mais apurada. Realmente não entendi todo o desapontamento dos fãs, dá uma chance para essa nova fase deles galera!
  Não achei melhor nem pior, achei diferente, e acho que ainda é pouco para julgar o novo projeto musical da banda.
  Sem dúvida o som do Strokes mudou, mas com certeza vale a pena baixar e escutar, nem que seja só para dar sua opinião.
  Tracklist:
  1. Tap Out.
  2. All the time.
  3. One way trigger.
  4. Welcome to japan.
  5. 80's comedown machine.
  6. 50/50.
  7. Slow animals.
  8. Partners in crime.
  9. Chances.
  10. Happy ending.
  11. Call It fate, call it karma.
  Canso de falar por aqui como sou gente boa, tá aqui o link para baixar o CDzito.
  E aqui tem um link para os preguiçosos de plantão que preferem ouvir o CD antes de baixar.

  Vou deixar aqui os outros CD's da banda, mas só a capa e a Tracklist, se não o post fica gigante.

  The modern age (2001):

  1. The modern age.
  2. Last Nite.
  3. Barely legal.
  Is this it (2001):
  1. Is this it.
  2. The modern age.
  3. Soma.
  4. Barely legal.
  5. Someday.
  6. Alone, together.
  7. Last nite.
  8. Hard to explain.
  9. New York city cops. (Na versão americana tem When ir started).
  10. Trying your luck.
  11. Take it or leave it.
  Room of fire (2003):
  1. What ever happened?
  2. Reptilia.
  3. Automatic stop.
  4. 12:51.
  5. You talk way too much.
  6. Between love and hate.
  7. Meet me in the bathroom.
  8. Under control.
  9. The way it is.
  10. The end has no end.
  11. I can't win.
  First impressions of earth (2006):
  1. You only live once.
  2. Huice box.
  3. Heart in a cage.
  4. Razorblade.
  5. On the other side.
  6. Vision of division.
  7. Ask me anything.
  8. Electricityscape.
  9. Killing lies.
  10. Fear of sleep.
  11. 15 minutes.
  Angles (2011):
  1. Machu picchu.
  2. Under cover of darkness.
  3. Two kinds of happyness.
  4. You're so right.
  5. Taken for a fool.
  6. Games.
  7. Call me back.
  8. Gratisfaction.
  9. Metabolism.
  10. Life is simple in the moonlight.

  Sem mais Reptilia, Juicebox ou Take it or leave it, com certeza sentiremos falta da guitarra suja e do som de garagem. É realmente uma nova fase.

  Ah gente! Deixa eu fazer uma propaganda aqui, vocês sabem que tenho uma loja online de camisetas né? Quem não conhece, bora lá conhecer a Divinos! Entónces, temos Camisetas e Baby looks do The Strokes, nas cores azul, branco e vermelho. Bora lá?

  E aí, gostaram do novo CD? Fala comigo!
Bju bju, Jú Vaz Tostes.

Pin It now!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fala comigo Diva!
Tem algum espaço, blog ou afins? Deixa pra mim no fim do comentário! Adoro novidades e trocar figurinhas!

:)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...