terça-feira, 25 de junho de 2013

Documentários: Sound city movie

  Hey Divas!

  E mais uma vez eu vou me arriscar tentando iniciando mais uma tag aqui. Provavelmente não terão muitos posts dela, mas todos que aparecerem por aqui, podem ter certeza que vale a pena conferir a dica. Bora falar de documentários? Vou assumir que não gosto muito de assistir documentários e pra conseguir me convencer as indicações e o assunto tem que ser muitíssimos interessantes e chamar muito minha atenção, por isso disse que não terão muitos posts dessa tag, mas quando tiver com certeza me chamou muito a atenção. Sendo assim, tenho que começar com estilo né? Então bora começar com o documentário 'Sound city movie'. Alguém já ouviu falar? Se não, tenho certeza que o diretor vocês conhecem.
sound city movie


  Sound City é um documentário dirigido pelo músico Dave Grohl que conta a história do estúdio localizado nas proximidades de Los Angeles que carrega o nome do documentário. Muitos podem pensar: 'Mas por que um documentário sobre um estúdio?' e a resposta é rápida e fácil, não era um estúdio qualquer.
  Obs.: Ouvi dizer que 'Sound City' não é um documentário e sim um filme, mesmo por causa do nome 'Sound City movie', mas não sei o que define se é um filme ou documentário, mesmo por que não entendo nada disso, pra mim é um documentário, por que não é contado com personagens, e sim com depoimentos da galera que participou de todo o processo, mas se com tudo eu estiver errada, foi mal aê, desconsidere o início do post e se rolar, me ajude a desvendar esse mistério :).
Estudio Sound City
  Quando o estúdio precisou fechar as portas em 2011 depois de muitos anos, algumas centenas de Cd's de grande sucesso gravados ali de bandas como Nirvana, Rage Agaisnt the Machine, Slipknot, Neil Young, Tom Pretty and the Heartbreakers e mais uma lista super consagrada de artistas que eu poderia ficar umas 30 linhas escrevendo, Dave resolveu gravar o documentário, mas de um objeto em especial do estúdio, a mesa de gravação analógica Neve 8028, cuja foram fabricadas apenas mais três.
Mesa Neve
  O estúdio é considerado por quem já gravou discos lá quase um local sagrado, e com esse meu discurso imaginamos um local super organizado, sem 'gambiarras' e qualquer coisa do gênero, mas não, os improvisos, sujeira e digamos, lugar peculiar, fizeram toda a diferença para a 'magia do lugar'.
  O documentário é recheado de entrevistas muito legais, que com certeza merecem ser vistas, esse documentário é uma senhora parte da história da música, ótimo pra quem, assim como eu, nasceu praticamente na era dos CD's e gravações digitais saber como a música era 'feita' antes, mó trampo muito trabalho pra fazer um disco.
Produtor musical Butch Vig
Engenheiro de produção Keith Olsen
Produtor Rick Rubin
Rick Springfield
Stevie Nicks- Fleetwood Mac
  A principal mensagem do documentário é a preservação do homem de forma mais massiva no processo de gravação, mas não é com o intuito de 'meter o pau' na tecnologia na música atual, o meio digital pode servir para produzir música de qualidade, mas o talento do artista é indispensável, se não fica algo muito mecânico, e isso é o inverso do que queremos com música, que graça teria ir a um show de uma máquina? Arrisco a dizer sem hesitação, que nenhuma. Digo aqui e acho que represento uma grande maioria que a emoção, que a identificação com o músico/banda são responsáveis por mais de 80% da identificação sonora para gostarmos ou não de determinado som, a graça está no processo, no sentimento e hoje em dia, infelizmente, as coisas estão muito padronizadas, a música é produzida em grande quantidade e  em pouco tempo, na maioria das vezes sem a qualidade correspondente. Mas isso é um assunto muito polêmico e que com certeza não é o meu objetivo nesse post.
Fita
  Mesmo se você não gostar de documentários vale a pena 'fazer um esforcinho' e assistir uma reunião muito massa de grandes nomes da música pra gravar um disco da forma analógica com a tão famosa e venerada mesa neve. Não vai ser em qualquer lugar que você vai ver Dave Grohl, Pat Smear, Krist Novoselic e Paul McCartney tocando juntos, por exemplo.
Paul McCartney e Dave Grohl
Gravação
  Como não rola ficar aqui falando muito sobre o documentário, se não conto as coisas mais legais como o final por exemplo que é fantástico, vou deixar aqui o link de onde o namorado baixou pra gente assistir, aí vocês assistem e depois vem me falar o que acharam. Se de tudo, ainda estiverem desconfiados da procedência da minha opinião e quiserem ter um pouco mais de certeza sobre o documentário, sou muito boazinha e vou deixar o trailer aqui, só não consegui achar legendado.

  O Dave tá de parabéns, cada vez mais ele tem o meu respeito.

  E aí, bora? Tá esperando o que?
  Conversa comigo, vai! :)
Um super beijo Poison Make-Up!
Bju bju, Jú Vaz Tostes.

Pin It now!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fala comigo Diva!
Tem algum espaço, blog ou afins? Deixa pra mim no fim do comentário! Adoro novidades e trocar figurinhas!

:)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...