terça-feira, 12 de agosto de 2014

Arrisquei na cozinha: Macarrão 'em pezinho'.

  Hey Divas!

  Já faz algum tempo que fiz um post sobre No e Low Poo (na série sobre cabelos) e disse que faria outros nas minhas férias e blá blá blá, mas as férias chegaram e pra não ficar muito entediante peguei dengue. Quase morri com a dor de cabeça e náusea, mal conseguia levantar pra tomar banho, quanto mais pra escrever. Mas na minha recuperação optei por cozinhar coisas simples mas ao mesmo tempo gostosas, que não exigissem muito esforço e que eu não precisasse ficar em pé na cozinha o tempo todo, foi numa dessas que resolvi tentar fazer uma receita que não tinha dado certo uma vez, o Macarrão 'em pezinho' (sem rir do nome ok? Foi o nome que consegui pensar). Essa receita rola muito também naqueles dias de preguiça sabem? Hehehe. Sem contar que nesse friozinho é muito bom comida quentinha.
Macarrão empezinho


  O Macarrão 'em pezinho' é um macarrão de forno feito com molho bolonhesa. E o nome é por que o macarrão fica em pé na forma (por que tão óbvio? Rs).
  1- 500 g de patinho moído;
  2- 6 tomates grandes bem maduros;
  3- 1 lata de massa de tomate;
  4- 1 saquinho de molho de tomate pronto;
  5- 1 cebola média piucada em cubinhos;
  6- Alho amassado a gosto;
  7- Pimenta do reino moída a gosto;
  8- Sal a gosto;
  9- Folhas de manjericão;
  10- Noz-moscada moída;
  11- Macarrão Rigatoni;
  12- Queijo parmesão ralado.
  Gente, meu molho bolonhesa é meio doido, mas fica gostoso. Minha mãe faz o molho só com tomates, mas dá muuuuito trabalho e demora bastante até o molho reduzir então eu fiz uns 'ajustes' na receita que aprendi com a mamãe, hehe.
  Coloquei os tomates em uma panela, cobri com água e levei ao fogo até a casca de todos os tomates rachar. Em seguida tirei a casca dos tomates (cuidado para não se queimar), piquei cada tomate em 8 pedaços e reservei. 
  Eu gosto de bastante alho na comida, então coloquei óleo em uma panela de pressão e no óleo quente fritei duas colheres de alho amassado até ficar douradinho e em seguida coloquei a cebola para dourar também. Assim que a cebola ficou transparentinha coloquei a carne moída mexendo de vez em quando para não queimar. Quando toda a água da carne secou coloquei os tomates picados, o molho, a massa de tomate, água (duas vezes a medida da lata de massa de tomate) e as folhinhas de manjericão na panela e fechei a tampa para pegar pressão. Assim que pegou pressão, marquei 12 minutos e desliguei o fogo. 
  Quando toda a pressão saiu, destampei e coloquei no fogo novamente para corrigir a acidez e temperar o molho. Corrigi a acidez com uma pitada de açucar (muito importante, se não for feito da muita queimação) e temperei com a noz moscada, sal e pimeita do reino a gosto (cuidado para não exagerar em nenhum tempero). É bom que o molho não fiquei tão apurado (fique mais aguadinho, mas nem tanto) por que o macarrão vai ser cozido no molho, então se necessário coloque mais um pouco de água quando o molho ainda estiver no fogo.
  Essa receita só da certo se feito com o macarrão Rigatoni por que a base é reta:
Macarrão Rigatoni
  A primeira vez que tentei fazer não tinha encontrado o macarrão rigatoni e tive que fazer com o penne, e cês imaginam que não deu certo pelo simples fato de ele não parar em pé. Ok.
  Cubra o fundo de uma forma (é importante que a forma seja mais alta que o macarrão em pé) com o macarrão me pé. É meio chatinho terapêutico, mas vai que dá. Os macarrões achatadinhos deixe para os cantinhos da forma, eles vão servir para dar firmeza aos outros onde não caberia um redondinho, mas sem nenhum ficaria bambo. Macarrões como este gente boa:
Macarrão
  Depois de ajeitar o macarrão na forma, coloque cuidadosamente o molho. Para os macarrões não tombarem quando você estiver colocando o molho, primeiro coloque molho nas laterais (em volta dos macarrões) para firmar e depois comece a 'encher' os buraquinhos com o molho. Olha como fica:
Macarrão com molho bolonhesa
  Com o forno pre-aquecido leve a forma ao forno por aproximadamente 10 minutos, o molho vai reduzir bastante, então novamente coloque o molho enchendo os espaços vazios e volte para o forno.  Como cada forno é diferente, o tempo de cozimento varia bastante, então para saber se o macarrão está cozido ou não, de tempo em tempo espete um macarrão com o garfo e se for necessário volte a forma ao forno. 
Macarrão de forno
  Quando estiver quase bom, salpique queijo ralado por cima e leve de volta ao forno até gratinar. Eu prefiro queijo mussarela ralado, mas como só tinha parmesão em casa foi ele mesmo.
Macarrão gratinado
  Fica bem bonito e gostoso, pergunta para o namorado:
  A receita demora um pouco para ficar pronta, mas não tem necessidade de ficar na cozinha por muito tempo por que enquanto o molho fica na pressão e o macarrão no forno você pode fazer outras coisas como curtir uma dor de cabeça no sofá como eu.
  Tem mais receitas no 'Arrisquei na cozinha', vem ver!

  E aí Divas, o que acharam? Tem alguma receitinha especial? Fala comigo! =D
Um super beijo Poison Make-Up!
Bju bju, Jú Vaz Tostes.

Pin It now!

2 comentários:

  1. Oi linda, adoro seu blog, muito interessante ;)
    Repassei uma tag para você, se quiser responder... Dá uma conferida no blog:
    www.meninas-bia.blogspot.com

    Beijo,
    Bia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bia!
      Respondo sim! Até o final da semana eu respondo! =D

      Bju bju!

      Excluir

Fala comigo Diva!
Tem algum espaço, blog ou afins? Deixa pra mim no fim do comentário! Adoro novidades e trocar figurinhas!

:)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...